Farmácias | Profissionais de Saúde | Apoio ao cliente: 800 200 891 (de 2ª f a 6ª f das 09h00 às 18h00) |  Pesquisar

Características

O índice de todo o portal
•••••

Início

Sobre o FreeStyle

 O que é a Diabetes

Viver com Diabetes

Gerir e monitorizar

Os nossos produtos

Suporte

Profissionais de Saúde

  • Dec 19th 2017

     

    1 – Quem é que está abrangido por esta comparticipação?

    Estão abrangidas todas as pessoas com Diabetes Tipo 1 e é através do médico que serão incluídas no regime de comparticipação, mediante uma prescrição médica.

    2 – Quando posso comprar?

    A partir do dia 11 de Janeiro, deverá dirigir-se ao seu médico para solicitar uma receita para sensores FreeStyle Libre.

    3 – Onde posso comprar?

    Com prescrição médica, exclusivamente na farmácia.

    Sem prescrição médica, deve dirigir-se à loja online ou a pontos Libre (a lista de pontos Libre está disponível no serviço de apoio ao cliente).

    4 – Qual o preço que vou pagar?

    Com prescrição médica, dentro do SNS, o Sistema FreeStyle Libre custa 53€, comparticipados em 85%, que corresponde a um custo para o utente de 7,95 Euros por cada sensor.

    Sem prescrição médica, PVP 59,90€

    5 – Se tiver algum problema de funcionamento com os sensores comprados na farmácia, ou com o meu leitor, como devo proceder?

    Qualquer problema com os sensores, deverá SEMPRE ser reportado ao nosso serviço de apoio ao cliente, através do número de telefone gratuito 800200891, disponível de 2ªf a 6ªf, entre as 09h00 e as 18h00.

    6 – E os leitores? Como posso obter?

    Para as pessoas abrangidas pelo regime de comparticipação, os leitores serão disponibilizados sem custos pelos profissionais de saúde nos respetivos locais de consulta de especialidade (endocrinologia, diabetologia e pediatria).

    Para os restantes casos, consultar a loja online.

    7 – Quantos sensores comparticipados posso adquirir por ano?

    Em regime de comparticipação, tem direito a 26 sensores por ano.

     

     

     

    ADC-06794 V1 12/17

    ...
  • Jan 10th 2018

     

    Quando posso encomendar?

    A partir do dia 11 de Janeiro, poderá encomendar, através deste formulário de compra, que deverá enviar por email para libre_portugal@abbott.com.

     

    Onde compro?

    A compra de sensores para venda com receita médica é feita através deste formulário de compra, que deverá enviar por email para libre_portugal@abbott.com.

     

    Qual a quantidade máxima/mínima que posso encomendar?

    Cada encomenda poderá ter entre 2 e 10 sensores. A satisfação da encomenda está dependente da disponibilidade de produto e da satisfação das condições de pagamento que estão concedidas ao cliente.

     

    Como fazer o pagamento da encomenda?

    O pagamento deverá ser feito diretamente ao Abbott dentro do prazo e condições definidos, para a conta com o IBAN PT50 0018 000321484233020 43, ou seguindo outras opções de pagamento que constem da fatura.

     

    Qual é o prazo de pagamento das encomendas?

    O prazo de pagamento atribuído depende do perfil do cliente, podendo variar entre pagamento antecipado e pagamento a crédito, até um máximo de 30 dias após a emissão da fatura. A falta de pagamento atempado pode comprometer a pronta satisfação das encomendas futuras.

     

    Posso vender sem receita?

    Produto adquirido em regime de comparticipação, com código SNS, só pode ser vendido mediante apresentação de receita médica a doentes tipo 1.

     Produto adquirido na loja online não carece de receita médica.

     

    Posso devolver produto fora da validade?

    Aceitamos que devolva sensores que tenha recebido com um prazo de validade inferior a 3 meses.

     

    Como é que posso encomendar leitores?

    No cenário de reembolso, os leitores são disponibilizados pelo médico especialista.

     

    Em quanto tempo recebo as minhas encomendas?

    Se encomendar até as 12h e em caso de não haver qualquer questão com a sua encomenda, irá receber no dia seguinte. Depois dessa hora receberá daí a 2 dias. 

     

    Posso continuar a comprar na loja online?

    Pode sempre comprar na loja online, sendo que, por esta via, não terá as condições da comparticipação.

     

    Quais os armazenistas que disponibilizam o produto?

    Os sensores FreeStyle Libre não estão disponíveis nos armazenistas. Apenas em venda exclusiva a farmácia (exceto ilhas).

     

    Tenho sensores avariados que preciso que venham recolher, como faço?

    Os sensores que não estão a funcionar em condições, deverão ser reportados ao nosso serviço de apoio ao cliente (800200891) pelo utilizador. Não recolhemos produto na farmácia.

     

    ...
  • Jul 28th 2017

    As pessoas com diabetes descrevem a alimentação como uma das maiores dificuldades na hora de controlar sua condição. Tanto no início, como em visitas posteriores de acompanhamento e educação em diabetes, as perguntas e erros mais frequentes estão relacionados com o que se pode e não pode comer, ou melhor, com o que se deve ou não comer.

    O plano de alimentação de uma pessoa com diabetes baseia-se na manutenção de uma dieta equilibrada e saudável (a mesma que deveria seguir a população em geral). Não fazer esta consideração, leva-nos a um dos principais erros: Pensar que as pessoas com diabetes devem comer de forma diferente. Tradicionalmente, temo-nos centrado na restrição de alimentos em vez de ensinar e fortalecer hábitos alimentares saudáveis.

    Outro erro relacionado com os alimentos é reduzir drasticamente a ingestão de alimentos que contenham hidratos de carbono tais como pão, cereais, arroz, massas... Muitas pessoas com diabetes identificam tais alimentos como "maus", eliminando-os da sua dieta. Este tipo de alimentos ricos em hidratos de carbono, são uma importante fonte de energia para o nosso organismo e devem fazer parte de um plano de alimentação saudável. Pode ser que em função do controlo da glicemia seja necessário controlar as quantidades, mas não suprimi-las completamente.

    Em oposição a isto, há também o erro de acreditar que, como é uma alimentação saudável, posso comer tudo o que queira. Existem alimentos saudáveis ​​(como frutas que aportam fibras, vitaminas e minerais) que podemos comer, mas devemos ter em conta a quantidade de hidratos de carbono que eles contêm.

    É essencial ensinar à pessoa com diabetes uma série de conhecimentos básicos que vão ajudar na tomada de decisões para controlar a sua diabetes. Um deles é saber o que são hidratos de carbono e como diferenciar os alimentos que os contêm. Algumas pessoas com diabetes têm dificuldade em distinguir se um determinado alimento contém ou não hidratos de carbono. Quando os hidratos de carbono são digeridos, são convertidos em glicose e os nossos níveis de glicemia aumentam, portanto, distinguir quais alimentos que contêm hidratos de carbono será uma grande ajuda no controlo da diabetes.

    A rotulagem dos alimentos é também uma fonte comum de erros, é importante saber ler e interpretar a informação nutricional:
     

    • Alimentos sem adição de açúcares não significa alimentos sem açúcar. Se falamos de alimentos sem adição de açúcares, queremos dizer que nenhuma quantidade de açúcar foi adicionada além daquela que contém o alimento natural.
    • Que no rótulo do alimento diga "sem açúcar" não significa que não contém hidratos de carbono. No rótulo de informação  nutricional que devem trazer os alimentos comercializados é importante olhar para o total de hidratos de carbono que contém o produto, para saber o efeito que pode ter sobre os níveis de glicose no sangue.

    Os conhecimentos sobre alimentação devem fazer parte do processo educativo que o paciente irá realizar ao longo da sua vida, pois ajudam a tomar decisões e minimizar os erros relacionados com o consumo de alimentos.

    Em conclusão, se tem diabetes:
     

    • Deve seguir uma dieta equilibrada e saudável, como o resto da população, que lhe permita manter um peso corporal ótimo e atingir as metas individualizadas de controlo da glicemia, pressão arterial e lípidos.
    • Pode comer alimentos que contêm hidratos de carbono (frutas, pão, massas, cereais ...). Formam parte de um plano de alimentação saudável e são uma importante fonte de energia. Deve controlar a quantidade mas não eliminá-los da dieta.
    • É importante ter claro quais alimentos que contêm hidratos de carbono e qual a proporção. Muitas pessoas associam os hidratos de carbono apenas às batatas, pão, massas ou arroz quando, na verdade, eles estão presentes (em diversos graus) na maior parte dos alimentos que ingerimos.
    • Veja o rótulo dos alimentos. Cuidado com os produtos sem açúcares e/ou alimentos sem adição de açúcares. Os hidratos de carbono totais são aqueles que determinarão o aumento da glicose no sangue.
    • Verifique com a sua equipa de saúde o plano alimentar mais adequado para o seu tratamento.

     

    Marcos Pazos Couselo
    Unidade de Tecnologia em Diabetes
    Serviço de Endocrinologia e Nutrição
    Polo Hospitalar Universitário de Santiago de Compostela

    American Diabetes Association. Standards of Medical Care in Diabetes. Diabetes Care. 2016; 39: Suplemento 1.
    Ramos I, Girbés J. Conocimiento del contenido de hidratos de carbono de los alimentos en pacientes con diabetes tratados con insulina. Resultados de uma pesquisa. Av Diabetol. 2009; 25: 305-9.
    Hanson K, Peterson A. 16 myths of a diabetic diet. American Diabetes Association. 2007; 2nd ed.

     

    Adaptado do artigo de abbottdiabetescare.es

    ...

instruções completas em

 

FAQ’s – Comparticipação

 

1 – Quem é que está abrangido por esta comparticipação?

Estão abrangidas todas as pessoas com Diabetes Tipo 1 e é através do médico que serão incluídas no regime de comparticipação, mediante uma prescrição médica.

2 – Quando posso comprar?

A partir do dia 11 de Janeiro, deverá dirigir-se ao seu médico para solicitar uma receita para sensores FreeStyle Libre.

3 – Onde posso comprar?

Com prescrição médica, exclusivamente na farmácia. Sem prescrição médica, deve dirigir-se à loja online ou a pontos Libre (a lista de pontos Libre está disponível no serviço de apoio ao cliente).

4 – Qual o preço que vou pagar?

Com prescrição médica, dentro do SNS, o Sistema FreeStyle Libre custa 53€, comparticipados em 85%, que corresponde a um custo para o utente de 7,95 Euros por cada sensor. Sem prescrição médica, PVP 59,90€

5 – Se tiver algum problema de funcionamento com os sensores comprados na farmácia, ou com o meu leitor, como devo proceder?

Qualquer problema com os sensores, deverá SEMPRE ser reportado ao nosso serviço de apoio ao cliente, através do número de telefone gratuito 800200891, disponível de 2ªf a 6ªf, entre as 09h00 e as 18h00.

6 – E os leitores? Como posso obter?

Para as pessoas abrangidas pelo regime de comparticipação, os leitores serão disponibilizados sem custos pelos profissionais de saúde nos respetivos locais de consulta de especialidade (endocrinologia, diabetologia e pediatria). Para os restantes casos, consultar a loja online.

7 – Quantos sensores comparticipados posso adquirir por ano?

Em regime de comparticipação, tem direito a 26 sensores por ano.

 Pesquisar