Profissionais de Saúde | Apoio ao cliente: 800 200 891 (de 2ª f a 6ª f das 09h00 às 18h00) |  Pesquisar

Características

A diabetes gestacional ocorre quando o corpo não consegue produzir a
quantidade suficiente de insulina extra para atender às exigências da gravidez.

•••••

A diabetes gestacional ocorre apenas na gravidez.

A diabetes gestacional pode ocorrer em qualquer fase da gravidez, mas é mais comum na segunda metade. Ela ocorre quando o organismo não consegue produzir a quantidade suficiente de insulina extra para atender às exigências da gravidez. A diabetes gestacional deve cessar depois de ter dado à luz.

As mulheres devem tentar alcançar um peso saudável antes da concepção, porque a perda de peso activo durante a gravidez não é recomendada por causa do risco de comprometer a saúde materna e fetal.

A actividade física pode ter o ajudar a prevenir a diabetes gestacional e os complicações adversas para a saúde que lhe estão relacionadas.

Tente apontar para 30 minutos de actividade moderada. A actividade física tem sido conhecida pelo seu papel na melhoria da homeostase da glicose através do seu impacto directo ou indirecto na sensibilidade à insulina.

É importante saber que se tiver diabetes gestacional, tem duas vezes mais propensão a desenvolver diabetes tipo 2 mais tarde.

É mais propenso a desenvolver diabetes gestacional se:

  • Está acima do peso, com um índice de massa corporal acima de 30 (IMC);
  • Tiver dado à luz um bebé grande, com um peso superior a 4,5 kg, no passado;
  • Se já teve diabetes gestacional antes;
  • Se tiver pai, irmão, irmã ou avós com diabetes;
  • Se for originária do sul da Ásia, Caribe ou Médio Oriente;

Se não se encontrar numa destas categorias de risco mais elevado, deverá sempre fazer um teste para verificar se sofre de diabetes gestacional. Pode ser-lhe dado um aparelho de medição de glicemia no sangue e, por volta das 28 semanas de gestação terá de fazer um teste oral de tolerância à glicose.

Se for diagnosticada com diabetes gestacional, está em risco de ter um bebé grande, o que aumenta o risco de um parto difícil, com o trabalho de parto induzido ou cesariana.

  • Infecções do trato urinário
    Estas infecções são mais comuns quando uma mulher tem diabetes gestacional. Elas são causadas por bactérias que crescem com mais facilidade quando a glicose no sangue está elevada.
  • Cesariana
    Este procedimento é mais comum em mulheres com diabetes gestacional.
  • A pré-eclâmpsia
    Esta é uma condição que tem três sintomas principais: pressão sanguínea elevada, proteína na urina e inchaço de várias partes do corpo (este inchaço é chamado de edema).
  • Chorioangioma Placental
    Excesso de líquido amniótico (líquido amniótico é o líquido no interior do útero). O útero é o lugar onde o bebé cresce e se desenvolve. O Chorioangioma Placental pode fazer com que o bebé nasça antes do termo.

  • Macrossomia
    Isso significa “bebé grande”. Se a sua glicose no sangue está muito elevada, então essa glicose  vai afetar o bebé. O bebé vai produzir insulina extra para compensar a glicose extra, e o efeito combinado é fazer com que o bebé cresça mais e mais rápido do que deveria. Um bebé grande pode ser um parto complicado.
  • Hipoglicemia do bebé
    Se o bebé está exposto a elevados níveis de glicose, irá produzir mais insulina para equilibrá-los. Depois de nascer, o alto nível de insulina vai ser superior à quantidade de glicose que ele recebe a partir do leite, e assim o seu nível de glicose no sangue é demasiado baixo.
  • Icterícia
    A icterícia faz a pele do recém-nascido ficar amarela. Isto é mais comum se a mãe tem diabetes gestacional. Ela é causada porque o bebé tem que quebrar as células de sangue após o nascimento, e o produto de decomposição é amarelo (todos os bebés passam por este processo). Se o fígado do bebé é imaturo ao nascimento, a pele pode ficar amarelada.

Existem algumas condições mais raras que estão associadas à diabetes gestacional, mas são menos comuns do que estas.

Embora as condições aqui descritas possam parecer assustadoras, vale a pena lembrar que o bom controlo de sua glicose no sangue e seguindo as instruções dos profissionais de saúde, o risco será reduzido e irá permitir que tenha um bebé saudável.

Manter a glicemia bem controlada tem muitos benefícios, incluindo:

  • A redução do risco durante a gravidez

Todos os problemas causados ​​pela diabetes gestacional são reduzidos através de um bom controlo da glucose no sangue.

A hipoglicemia ocorre quando a glicose no sangue está muito baixa. É difícil evitar a hipoglicemia completamente quando a diabetes é tratada com insulina e, se a glicose no sangue é consistentemente baixa, a hipoglicemia pode parecer mais um risco.

Muitas pessoas acreditam que são as grandes oscilações de glicose no sangue, de muito alta a muito baixa, o que podem levar a hipoglicemia grave. Quando a glicemia é bem controlada, pode-se sentir hipoglicemias levas, com alguma frequência, mas hipoglicemias graves são raras.

A hiperglicemia ocorre quando a glicose fica muito elevada e, tal como a glicose muito baixa, não é bom. Deixar a glicose ficar muito alta pode levar a um risco de coma diabético. Mantendo uma boa gestão da sua glicemia, é a melhor maneira de evitar tanto hipo e hiperglicemia.

Ao manter a glicemia bem controlada sentimo-nos mais activos e com mais energia. Com a gravidez, os níveis de energia muitas vezes pode variar de qualquer maneira, o que é mais uma razão para controlar seus níveis de glicose no sangue.

O nível de glicose no sangue deve voltar ao normal logo após o nascimento. O seu médico ou enfermeiro irá fazer os exames necessários para garantir que isso aconteça. Depois de ter tido diabetes gestacional o risco vir a ter diabetes mais tarde na vida é aumentado.

 

 

Os mais lidos

Cetonas (corpos cetónicos) e cetoacidose

As cetonas são uma substância química produzida pelo corpo quando, devido a uma falta de insulina,este não é capaz de usar a glicose como fonte de e...

Olhe por si

Deveria perder algum do seu tempo a cuidar do seu bem mais precioso - o seu corpo. Mais ainda, se tem diabetes.   Faça check-ups’s regulares. P...

Artigos relacionados

Diabetes gestacional

A diabetes gestacional ocorre quando o corpo não consegue produzir a quantidade suficiente de insulina extra para atender às exigências da gravidez...

Monitorização contínua de glicose

Os sistemas de monitorização contínua de glicose (CGM) consistem num pequeno sensor descartável inserido na pele, um transmissor que liga ao sensor ...

 Pesquisar